António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.

Só e frio… muito frio…

Dezembro 1st, 2008

E vives aquele momento em que te sentes só. Tiveste um dia em cheio. Mil e uma coisas passaram por ti. Mas à noite, quando precisas de alguém que te ouça, deixam-te sozinho e tens frio.
Ligas o aquecedor, pões a sua potência no máximo e vestes mais roupa. Mas não há maneira daquele frio passar. A solidão é fria. Todos foram dormir, todos têm que fazer e tu?
Ficas especado a olhar no vazio, a pensar no dia de amanhã e nas mil e uma coisas que tu terás de fazer.
Não tens ninguém, porra! Talvez devido a tu próprio deixares os outros entregues à sua própria solidão. Tu próprio gelas quem te rodeia. Tu próprio desapareces quando os outros precisam de ti.
E decides que tens que dormir. Porque os teus sonhos são quentes. E amanhã será mais um dia que, do mesmo modo, terminará em solidão.

Comments

One Coment

RSS
  • Telmasousa says on: 2 de Dezembro de 2008 at 17:45

     

    A solidao e’ das csensaçoes mais tristes e angustiantes que ja conheci*

    E por vezes mesmo rodeado de pessoas sentes te sozinho pq falta a pessoa certa aquela que te preenche….

António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.