António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.

Procura-se escravo

Março 10th, 2008

Há dias, quando dava uma vista de olhos por um site de ofertas de emprego, descobri o anúncio que transcrevo abaixo.

Esta empresa, não procura um colaborador, um funcionário, um empregado, mas sim um escravo. É incrível, como em pleno século XXI, ainda apareçam destas coisas:

Perfil do candidato:
– Formação superior em gestão e/ou marketing;
– Experiência anterior mínima de 3 anos em marketing, com funções operacionais;
– Bons conhecimentos do mercado de grande consumo e da moderna distribuição;
– Experiência em promoções, merchandising e acções de cross marketing;
– Domínio total da língua inglesa, oral e escrito (condição indispensável);
– Domínio do castelhano (condição preferencial);
– Bons conhecimentos de informática, nomeadamente ao nível da utilização de Folhas de Cálculo e Bases de Dados;
– Disponibilidade para trabalhar muito para além do horário, alguns sábados e domingos, ter poucas férias e viajar em serviço;
– Experiência internacional como condição preferencial;
– Organização e capacidade analítica;
– Espírito de iniciativa, dinamismo e adaptação à mudança;
– Autonomia e grande proactividade, bom senso e criatividade.

Eu pergunto-me: será que alguém respondeu a este anúncio?

Comments

One Coment

RSS
  • Rita says on: 10 de Março de 2008 at 21:41

     

    muito provavelmente! há aí muito boa gente que infelizmente anda deseperada por trabalho :s e pronto, sujeita-se!

António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.