António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.

Insónia II

Julho 1st, 2008

fractal_6b.jpg

Toda a noite sonhou com ela.

Por muito que tentasse, não conseguia bloquear dos seus pensamentos as duas características que mais o fazem amá-la: os olhos e o sorriso.

Como é possível que, de um rosto tão terno, emanem duas fontes abundantes de um poder de tal modo devastador

A sua doçura é o vício dele. Nela ele se aprisiona. Nela sofre.

Sem ela… ele não é nada, mas com ela não pode viver.

Oh! Como ele queria que tudo fosse apenas um sonho. Apenas um sonho, como cada segundo em que estão juntos, como cada troca dos seus lábios, como cada beijo dos seus corpos.

Na noite seguinte, nem se atreveu a deitar-se. Sabia de que nada valia tentar adormecer aquele corpo que fervilhava de desejo por ela.

Então, ficou a olhar para o Infinito e esperou que a Morte viesse.

Author: Pinheiro
Category: Sem categoria

António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.