António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.

Frases Parvas do Hi5 – Capítulo I

Maio 9th, 2009

Caros amigos,

Há dias, enquanto navegava pelo Hi5, reparei que há utilizadores que na parte “Edita o teu estado” escrevem autênticas pérolas de humor, azeiteirice, pirosice e disparate.

Resolvi compilar uma série de delas, que irei publicar ao longo de vários capítulos.

Cá ficam as primeiras cinco.

Aviso já que as frases foram copiadas tal e qual como se encontram no Hi5. Por isso, os erros ortográficos e os atentados à Língua Portuguesa não são da minha autoria.

Divirtam-se:

Frase 1:
“cansado de tudo!!!”

Comentário: O desabafo! Muito típico no Hi5, qual muro das lamentações, quais psicólogos! Tens problemas? Partilha com todo o Mundo!

Frase 2:
“Fotos novas! Comentem por favor!”

Comentário: A típica dica publicitária, normalmente usada por pitas que colocam fotos em bikini, fotos semi-nuas tiradas no quarto, ou no WC, em frente ao espelho, ou as fotos que tiraram com as amigas no intervalo grande. Fotos normalmente tiradas de cima para baixo, com a boquinha em forma de beijinho e as carinhas bem fofinhas encostadinhas. Vomito com tanta fofurice…

Frase 3:
“acredita no que possas a vir ser””

Comentário: O conselho! Gosto deste pessoal com tendência para a psicologia de vão de escada, sempre nos ajudam a poupar uns cobres. Não imaginam as crises existenciais que eu já resolvi enquanto navego no Hi5.

Frase 4:
“Enkuanto me tives-te… sonhas-te! agora morre!”

Comentário: Corações destroçados! Já repararam que muita gente usa o Hi5 para travar autênticas guerras passionais? É o caso desta nossa amiga. Reparem na dor, na mágoa, no ódio… terrivelmente dramático!

(Repararam também que, em seis palavras, três estão com erros ortográficos?)

Frase 5:
“a minha irma sempre mais chata !ontem hoje e amanha!”

Comentário: Depois das zangas de namorados, as zangas familiares. Deve ser difícil ter uma irmã (ou será irma?) chata. Ainda bem que sou filho único
Não percam, nos próximos dias, mais cinco frases espectaculares! Fiquem atentos.

Comments

3 Comments

RSS
  • kida says on: 18 de Junho de 2009 at 14:46

     

    se voses visitarem o meo hi5 vao se rir
    adoro bacalhauuu e tenho um perfume dele!!

  • JoãoPereira (crestumense) says on: 11 de Agosto de 2009 at 14:42

     

    Excelentíssimo António Pinheiro, dirijo-me a si com o maior respeito pois estou perante um pensador contemporâneo cuja genialidade se estende à vasta área de Crestuma. A frase nº3 (“acredita no que podes vir a ser”) que você retirou do meu hi5 e rotula de “parva” não se encaixa em nenhuma crise existencial, ao contrário do seu blog que demonstra que a sua pessoa tem um certo complexo de superiodade sobre o resto da civilização mundial. Mais informo que, a frase do meu hi5, como aliás a maioria das que escrevo lá, pertencem a músicas de hip-hop português.
    Despeço-me com os melhores cumprimentos e na esperança que as altas personalidades nacionais reparem no seu enorme talento em várias àreas como desporto, humor, direito, política, até agora oculto que certamente o projectará para altos voos. Com certeza os meus netos (se os tiver) ouvirão falar de si.
    Felicidades para o seu brilhante blog. Saudações crestumenses.
    Cordialmente,
    João Pereira

  • Pinheiro says on: 11 de Agosto de 2009 at 19:14

     

    Caro João Pereira,

    Em primeiro lugar, obrigado por ter visitado e comentado o meu blog.

    A minha secção “frases parvas do hi5” é um mero exercício de humor, muito apreciado pela maioria dos visitantes do meu blog.

    A maior parte das pessoas percebem e acham piada. Outras, nem por isso e levam a mal.

    Não foi minha intenção ofendê-lo ou aos seus gostos musicais.

    Mais uma vez obrigado e continue a aparecer e a comentar.

    Cumprimentos,

    António Carlos

António Pinheiro

Profissional de marketing, músico e corredor por prazer. Corre na estrada, no monte e de um lado para o outro na vida, atrás e à frente dos filhos.