António Pinheiro

Freelancer em Serviços de Marketing para Empresas e Instituições. Músico. contacto@antonio-pinheiro.net

Luís Macedo – Trompete e Percussão

Junho 6th, 2012

Luís Macedo - Trompete e Percussão

Luís Miguel Macedo, nasceu a 17 de Julho de 1994, no Porto, em berço de músicos: é neto do Trompetista, Maestro e Professor José Macedo e filho do Maestro e Professor Luis Fernando Macedo.

Iniciou os seus estudos musicais com o professor José Fernando. Em 2004 ingressou no Conservatório de Musica do Porto tendo como primeiro professor o trompetista Franscisco Silva sendo, desde 2005, aluno do professor Manuel Luis Azevedo.

Participou em 4 Estágios com a Banda Forum – Filarmónica Portuguesa, na vertente de percussionista, um dos quais culminou num grandioso concerto na Casa da Musica – Porto.

Em 2010 participou na Masterclass do professor Pierre Dutot e, nesse mesmo ano, ingressou na Orquestra de Jazz do Conservatorio de Musica do Porto. Com esta orquestra actuou por duas vezes no Centro Cultural de Belém, no Casino de Espinho e no programa da RTP “Verão Total”. Também com a Orquestra de Jazz do CMP gravou para a Antena 2.

Apresentou-se como baterista com a orquestra ligeira La Belle Epoque, com a qual gravou um CD e com a Orquestra Ritmos Ligeiros. Foi trompetista na Let’s Groove BigBand.

Fez parte da Orquestra da Praça da Alegria, em dois programas especiais: “Gala Final Dança na Praça”.

Actualmente integra a Invicta Bigband, como baterista, tendo actuado no Casino da Figueira da Foz. É percussionista na Banda Musical de Souto (Santa Maria da Feira).

http://www.facebook.com/TrompetistaJazzEPercussionistaLuisMacedo

Contacto: luismacedo@antonio-pinheiro.net

Hugo Rocha – Saxofone

Junho 5th, 2012

Hugo Rocha saxofonista

Nasceu a 18 de Fevereiro de 1990, em S. Pedro de Avioso, Maia.

Iniciou os seus estudos musicais com 12 anos, ingressando na escola de música da Associação da Banda de Música de Moreira da Maia, na classe de saxofone. No ano seguinte ingressa na respectiva Banda de Música.

Frequentou a Academia de Música Costa Cabral em 2004,na classe do Prof. Francisco Ferreira e,  no mesmo ano, é admitido no Conservatório de Música do Porto, na classe do mesmo professor, obtendo elevadas classificações.

Desenvolveu os seus estudos em saxofone frequentando diversos cursos de aperfeiçoamento e masterclasses com professores de renome mundial: Jean Yves Formeau, Henk van Twillert, Mário Marzi, Gilberto Bernardes, Hugo Marinheiro e Carlos Ramalho.

Enquanto instrumentista, obteve em 2007 e em 2008 o primeiro prémio na secção madeiras no Concurso Interno do Conservatório de Música do Porto. Em 2009, foi premiado no mesmo concurso, na variante música de câmara.

Colaborou com diversos projectos musicais, entre os quais a Orquestra de Sopros e percussão do Algarve, Orquestra de Sopros do Conservatório de Música do Porto, Orquestra Filarmonia de Vermoim, Quarteto de Saxofones do Conservatório de Música do Porto, bem como diversas bandas filarmónicas e orquestras ligeiras, como a Invicta Big Band. Nestes projectos trabalhou com os maestros José Aureliano da Costa, Francisco Ferreira, Fernando Marinho, Kamen Goleminov, António Ferreira entre outros. Já actuou em diversos locais, teatros, casinos e salas de espectáculo, destacando-se a Casa da Música e o Pavilhão Atlântico.

Ao nível de direcção de orquestra, desenvolveu os seus estudos com os maestros Francisco Ferreira, Kamen Goleminov e José Pascual Vilaplana, tendo frequentado o Curso Nacional de Direcção de Banda com este ultimo, junto da Banda Sinfónica Portuguesa, em 2009.

Actualmente, é saxofonista na Banda de Música de Moreira da Maia e na Invicta Big Band.

Paralelamente à sua carreira artística, é finalista da licenciatura de Gestão de Empresas pela Universidade Lusíada do Porto e Gestor de Produto e Marketing da empresa Ancor.

http://www.antonio-pinheiro.net/hugo-rocha-saxofone/

Contacto: hugorocha@antonio-pinheiro.net

Grupo Coral Vozes de Esperança

Junho 5th, 2012
Grupo Coral Vozes de Esperança

Em finais da década de 70, inícios de 80 do século passado, forma-se em Crestuma um novo grupo coral, destinado à animação musical das missas da catequese, funcionando também como centro de formação de elementos para o grupo coral já existente.
O seu elenco, inicialmente misto, tornou-se, como o decorrer do tempo, exclusivamente feminino. Durante largos anos, o grupo assumiu a designação de “Grupo Coral da Catequese”. O seu reportório era na altura inspirado por duas correntes distintas: as melodias cristãs tradicionais que passavam de geração em geração; e pelos novos ventos que sopravam do Movimento do Renovamento Carismático, principalmente provenientes das Edições Salesianas.

No início da década de 90, com uma reestruturação na organização da paróquia, deixando de haver “missa da catequese” o grupo passa a animar as missas vespertinas, mudando também a designação para “Grupo Coral das Missas Vespertinas”.

Em 1999, o grupo ganha um novo fôlego, sendo o reportório actualizado e adaptado às características vocais dos seus elementos. Os ensaios tornam-se mais regulares e é notória a subida da qualidade musical. Todas as missas são acompanhadas com órgão e, nalgumas celebrações solenes, com outros instrumentos de sopro e percussão.

A dinâmica do grupo é tal que, alguns fiéis mudam de missa habitual só para o ouvirem.

Em 2004, o grupo adopta uma nova designação – “Grupo Coral Vozes de Esperança” – e é nesta altura que a consolidação das V.E. enquanto instituição paroquial é realizada.

O seu reportório actual baseia-se em gospel, espirituais negros, melodias populares entre os movimentos cristãos juvenis, e em cânticos da autoria dos compositores Cónego Ferreira dos Santos (o mais importante compositor litúrgico português), Pe. Rocha Monteiro e António Ferreira, entre outros, seguindo como modelo inspirador as edições discográficas “Comunidade de Vida” dos Salesianos.

Participa frequentemente em Encontros de Coros, Concertos e animação litúrgica de casamentos e outros celebrações religiosas.

Tem actuado em diversos locais, Igrejas, salas de espectáculo e, até mesmo, bares!

Das suas variadas produções próprias destacam-se os Encontros de Coros de Crestuma, realizados anualmente desde 2008,e cuja qualidade organizativa e artística tem sido elogiada por coralistas, maestros e público.

Foi responsável pela produção dos Concertos de Ano Novo na Vila de Crestuma em 2008/2009, 2009/2010 e 2010/2011, sendo as duas mais recentes edições em parceria com a Orquestra Ligeira La Belle Époque.

Em 2009 editou o seu primeiro CD, intitulado “Ao Vivo! Crestuma”, com a participação de 9 músicos convidados.

http://www.vozesdesperanca.net (site em remodelação)

Contacto para actuações: geral@vozesdesperanca.net


Invicta Big Band – Orquestra Ligeira da Cidade do Porto

Junho 4th, 2012

Invicta Big Band - Orquestra Ligeira da Cidade do Porto

A “Invicta Big Band” foi formada em Outubro de 2011, por iniciativa de um grupo de músicos oriundos de várias proveniências musicais e que, após terem partilhado o palco noutras orquestras, decidiram criar o seu próprio projecto, independente e personalizado.

A IBB tem como base programática o Jazz, nas suas mais variadas vertentes, passando pelo rock, pop e pela música latina, assentando o seu trabalho em três pilares fundamentais: o Conjunto, o Virtuosismo e a Improvisação.

Apesar da existência de uma Direcção Artística que define as linhas orientadoras da orquestra, são os músicos que contribuem com a sua criatividade artística para o consecução de um objectivo comum: Tocar por Prazer e com Prazer.

Na sua breve história destacam-se o concerto de apresentação no Grande Auditório do Conservatório de Música do Porto e actuações no Pavilhão Atlântico e no Casino da Figueira da Foz.

A IBB está sediada no Orfeão da Foz do Douro (Porto), contando com o apoio logístico desta instituição.

Http://www.invictabigband.com

Contacto para espectáculos: geral@invictabigband.com

Teresa Sala – Flautista, Professora de Flauta, Saxofonista

Junho 3rd, 2012

Teresa Sala - Flautista, Professora de Flauta, Saxofonista

Teresa Pires Pereira Sala nasceu a 19 de Abril de 1989 na freguesia do Bonfim, concelho do Porto.
Aos 5 anos de idade inicia o seu percurso musical, ingressando no grupo coral e na escola de música da freguesia onde nasceu.
Em 1999, começa o seu estudo em flauta transversal com o Professor João Paulo Köck. Três anos mais tarde, entra no Conservatório de Música do Porto na classe
da Professora Iwona Saiote.
Em 2010 conclui o 8º grau do Conservatório, com distinção.
Entre 2008 e 2011, foi música na “Banda Marcial da Foz do Douro – Filarmónica do Porto”, na qual foi responsável pela escola de Música e Maestrina da
Orquestra Juvenil “Os Bandamecos”, orquestra fundada pela mesma em Março de 2010.

Faz parte de várias Orquestras Ligeiras, tendo integrado a Orquestra de Jazz do Conservatório de Música do Porto, onde tocou Saxofone e Flauta e com a qual gravou para a Antena 2 da RDP, tendo actuado ao vivo em programadas da RTP e em salas emblemáticas como o Centro Cultural de Belém e o Casino de Espinho.

Participou em workshops de Interpretação de música ligeira (na vertente swing e música latino-americana) com o Maestro Tony Alves.
Fez parte do júri da fase regional do Concurso Nacional de Música do Inatel em 2010.

Durante o seu percurso musical, já actuou várias vezes em grandes salas de espectáculos como a Casa da Música (Porto), Rivoli (Porto), Coliseu do Porto, Centro Cultural de Belém (Lisboa) e em diversos programas da RTP1, tendo trabalho com reputados maestros nacionais e estrangeiros

Actualmente, é professora de Flauta Transversal e Flautista na Banda de Antas, Esposende; flautista na Banda Fórum – Filarmónica Portuguesa; saxofonista na Orquestra Ligeira Vale do Sousa; saxofonista, flautista, directora musical adjunta e stage manager na Invicta Big Band.

http://www.facebook.com/TeresaSalaMusica

Contacto para espectáculos: teresasala@antonio-pinheiro.net

Vasco Balio, António Carlos e Teresa Sala – Trio

Junho 2nd, 2012

Vasco Balio, António Carlos e Teresa Sala - Trio

Nunca a expressão do grande Zeca Afonso – “traz outro amigo, também” – fez tanto sentido…

Teresa Sala, virtuosa flautista, professora de flauta, executante versátil (também saxofonista), formada com distinção no Conservatório de Música do Porto, aportou todo o seu talento e arte ao duo já existente.

Desta improvável simbiose (voz, guitarra, piano… flauta transversal), surge uma sonoridade única e cativante.

http://www.facebook.com/VascoBalioMusica

Contacto para espectáculos: vascobalio@antonio-pinheiro.net

Vasco Balio e António Carlos – Duo

Junho 2nd, 2012

Vasco Balio e António Carlos - Música

Das horas passadas na sala de ensaio e na estrada, dos saudosos “Luvas de Amianto”, ficou a amizade e a parceria musical.

Um duo que, na prática é um quarteto: voz, guitarra, saxofone e piano…

Vasco Balio (voz e guitarra) e António Carlos (piano e saxofone), juntam-se em palco para explorarem o lirismo português e as matizes sonoras da nossa música.

Entre versões e originais, divagam por poemas, acordes e improvisos… chegando perto de linguagens tão distantes como o jazz e o funk.

http://www.facebook.com/VascoBalioMusica

Contacto para espectáculos: vascobalio@antonio-pinheiro.net

Vasco Balio – Música

Junho 2nd, 2012

Vasco Balio Música

Vasco Balio, sobre si próprio:

«Digamos que o meu percurso tem sido feito desde 90 até os dias de hoje, entre a estrada e a valeta, com nódoas mas com medalhas também.
Foram Festivais de garagem, foram alguns prémios, palmas e palmadinhas nas costas, algumas viagens cá pelo burgo, entre o Barengo e o Tasco, foram e são canções.
Rock, Folk, Pop, Popular… mas fundamentalmente canções…em Português.

O meu 1º e unico registo discográfico até a data (edição de Autor),chama-se “Se…” e esgotou em menos de um fósforo.

Podem ouvir em http://www.myspace.com/vascobalioband .

“Se…” duas letrinhas apenas e a influência que esta palavra tem…mas Fé também.

Faço espetaculos em conta e por medida, a solo, em duo, ou em trio.»

http://www.facebook.com/VascoBalioMusica/info

Contacto para espectáculos: vascobalio@antonio-pinheiro.net