António Pinheiro

Freelancer em Serviços de Marketing para Empresas e Instituições. Músico. contacto@antonio-pinheiro.net

Free Trail Solidário Trepa Trilhos

Agosto 13th, 2017

Numa altura em que há provas de trail por todo o lado, com algumas organizações que deixam muito a desejar os Trepa Trilhos Trail Team organizaram um “free trail” delicioso, apesar de servido em “chávena a escaldar”.

Para mim, a diferença entre uma prova de trail competitiva e um “free trail”, está simplesmente na ausência de dorsal e cronometragem. Por isso, encarei o evento desta manhã com todo o empenho, para tentar obter o melhor resultado possível.

Por regra pessoal, não faço trails nesta altura do ano (por causa do calor) mas, sendo aqui ao lado de casa, organizado por amigos e solidário, não pude deixar de estar presente, mesmo calculando que fosse uma manhã penosa, principalmente devido ao calor e ao perfil altimétrico.

E foi. Muito penoso… Eu sei que não me dou bem com o calor e hoje tive mais uma evidência disso mesmo, com o meu corpo a entrar desde cedo em excesso de temperatura. Fui rapidamente ao vermelho!

Os Trepa Trilhos desenharam um percurso excelente, sem dúvida, num local onde tal não parecia ser possível, aproveitando tudo o que a orografia proporciona. E, meter 1.100 m de D+ em 30km, obriga a um carrossel constante… e que carrossel! E o carrossel deu-me com a marreta aos 20km.

Vantagem de se correr perto de casa, principalmente quando a casa da tua tia está no meio trajecto: “ok… fico por aqui…”

E “só” faltavam 5km. Mas eram uns 5km do Demo, com uma temperatura já a rondar os 40 graus. As minhas pernas já tinham bloqueado e a minha cabeça já não queria mais nada com aquilo.

Posto isto…

Este “free trail” tem tudo, mas mesmo tudo, para se tornar numa prova competitiva. A organização foi excelente. O staff muito simpático, saudava-nos com um “Obrigado!”, caloroso e sentido, sempre solícitos e entusiasmantes. Mas nós é que deveríamos agradecer a possibilidade de desfrutar de trilhos tão bons.

Não deixa de ser impressionante que, uma prova solidária, que começou com um orçamento inicial de 0 cêntimos, tenha-se mostrado muito mais bem planeada e organizada que outras que até fazem parte dos campeonatos nacionais.

“Botem” os olhinhos nesta gente, senhores que organizam provas de trail!

É claro que há coisas que podem ser melhoradas:

  • sendo o “free trail” em pleno mês de Agosto, seria de equacionar uma partida mais cedo. Com um arranque quase às 9h da manhã… é difícil. Assim como o Trail Kids poderia ter sido de manhã…
  • a ideia de espalhar mensagens divertidas ou motivadoras ao longo do trajecto é gira, com conta peso e medida, mas acho que TTTT pecaram pelo exagero. A dada altura já cansava estar sempre a ler as mesmas coisas, principalmente quando já temos a cabeça em água.
  • Exagerados também foram os posts de Facebook, principalmente nas últimas duas semanas. Notificações a caírem quase minuto a minuto… Numa próxima iniciativa convém dosear melhor a comunicação e comunicar o que realmente interessa aos participantes.

Resta-me agradecer aos Trepa Trilhos a manhã que nos proporcionaram e… continuem!

Desde que pratico corrida, que ansiava poder ter uma prova aqui à volta de casa e, finalmente, aconteceu, depois de o ano passado estar a trabalhar no dia do vosso “Free Trail”.

Fico à espera do próximo!