António Pinheiro

Freelancer em Serviços de Marketing para Empresas e Instituições. Músico. contacto@antonio-pinheiro.net

Indignação!

Novembro 8th, 2007

Espante-se, indigne-se (se for o caso) e passe a informação:

Em Portugal a interrupção voluntária da gravidez dá direito a 30 dias de
licença com 100% do ordenado!

Mas uma mulher que esteja grávida e que se veja forçada a ficar de baixa
antes do parto, sem este ser de risco, recebe um subsídio de 65% do seu
ordenado.

Uma mãe que tenha de assistir na doença um seu filho menor recebe 65% do seu
ordenado … extraordinário não é?

É o país que temos… que elegemos!

(eu não! porque não votei no Sócrates!)

BMG

Outubro 14th, 2007

Há precisamente um ano atrás, a minha vida mudava. Vivia os primeiros dias de casado.

Numa altura da vida em que na nossa cabeça habitam inúmeras expectativas sobre o futuro, a última coisa que eu esperava era deixar a minha banda “de criação”, depois de uma época fantástica repleta de emoções, ao nível musical e humano.

Em algumas semanas esta situação mudou radicalmente e eu vi-me sem banda (continuei e continuo casado… muito bem casado!).

ZiP

Outubro 11th, 2007

Inicialmente eram o Zuka e o Indy Paiva.

Depois, pontualmente passou a ser o Zuka, o Indy Paiva e o Pinheiro.

Quando é para tocar beatles é o Zuka, o Indy Paiva, o Pinheiro e o Lip.

Escapadinha

Outubro 11th, 2007

Como nunca posso tirar mais de duas semanas de férias seguidas, vou espalhando o meu descanso ao longo do ano, aproveitando uns fins de semana prolongados, ou criando os meus próprios feriados.

Como defensor acérrimo do “vá par fora cá dentro”, os meus períodos de “relax” são passados em busca do nosso património histórico, religioso, cultural e humano.

Let’s Groove Big Band

Outubro 11th, 2007

Se eu tivesse um agente musical era o meu amigo Rui Pereira.

Levou-me para a Banda Musical de Gondomar, para a Orquestra Filarmonia de Vermoim e para a Let’s Groove Big Band.

Entrar para a LGBB foi o concretizar de um sonho de alguns anos: tocar Jazz e outros estilos afins. A LGBB é muito mais que uma orquestra ligeira. Na “Groove” temos uma linguagem muito própria.

Vozes de Esperança

Outubro 10th, 2007

Decorria o ano de 1999 quando fui convidado para dirigir um coro de igreja… logo eu que não sei cantar.

Contudo aceitei o desafio… e que desafio!

Um coro exclusivamente feminino, com nenhuma formação musical e que denotava uma clara falta de líder.

Banda Fórum

Outubro 10th, 2007

O meu amigo Antero Ávila é compositor… e muito bom!

Um dia, lembrou-se de escrever uma marcha fúnebre para banda, mas não tinha ninguém para a tocar.

Fiquei com pena. Aquela cena até soava bem em midi.